segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Qual a história da sua marca?

video

Era uma vez...

Certa vez numa entrevista concedida por Washington Olliveto ele dizia que propaganda é como namoro, tem que chegar de mansinho e seduzir.

O que Olivetto quis dizer é que propaganda tem de ter relevância, não pode simplesmente invadir a TV de nossas salas e nos bombardear com uma informação qualquer. A marca tem que contar uma história, tem que nos seduzir, emocionar e transportar os telespectadores para uma dimensão que está além.

Cada vez mais a forma como se faz propaganda irá mudar e a marca seja ela de qual seguimento for, publica ou privada, se não mudar, vai parar no tempo. Um exemplo recente que vale uma nota 10 é a da Caixa Econômica Federal, que aplicou muito bem este conceito e particularmente, conseguiu me envolver e transportar-me para aquela dimensão.

Então, fica a dica, propaganda tem de ser emocional, relevante, envolvente e marcante.

Assistam ao filme, vale a pena!


Nenhum comentário:

Postar um comentário